“BLOGS ANORÉXICOS…”: UMA QUESTÃO DE SAÚDE PÚBLICA

Polêmica envolvendo a blogueira Gabriela Pugliesi é apenas um dos milhares de casos que merecem a atenção das autoridades

Hoje eu vou dar uma de mãe aqui na coluna e aproveitar para dar umas broncas. Na última semana, o corpo estava em pauta na nossa sociedade. Primeiro, por conta do escândalo que fizeram depois da divulgação da foto de Vera Fischer envelhecida, como se ninguém neste mundo envelhecesse e o respeito pelo próximo acabasse com o aparecimento das rugas. Segundo, e este é o assunto do texto de hoje, as dicas absurdas da blogueira Gabriela Pugliesideu às suas seguidoras, revelando claras tendências anoréxicas, o que pode influenciar um número de mais de 3 milhões de jovens. O que assusta é que esta polêmica é apenas a ponta do iceberg diante de uma gama de blogs que se autointitulados “anoréxicos”, o que configura um claro problema de saúde pública.

download

A “treta” começou quando Pugliesi resolveu dar algumas dicas que eu acho que a gente não dánem para as nossas piores inimigas. Primeiro, pedir que as meninas mandem os chamados nudes próprios (fotos nas quais as pessoas aparecem nuas) para as amigas, de modo que, quando a menina saísse da dieta, as amigas ficariam incumbidas de vazarem essas fotos íntimas, como forma de retaliação. Essa prática infeliz é conhecida como PornRevenge.  Depois, a blogueira pediu para que as meninas que pensassem em comer alguma coisa mais calórica, corressem nuas em frente ao espelho, para terem ciência do quanto seus corpos eram feios, como estímulo para desistir de comer. A auto-humilhação e o ato de punir-se por conta da alimentação é claramente um distúrbio alimentar grave, sinal, inclusive, de anorexia, uma doença que ceifa a vida de muitas jovens e pode levar a quadros intensos de depressão e desnutrição.

bruna-header5

Ao pesquisar sobre a temática, o susto: A internet está cheia dos chamados “Blogs Anoréxicos”. São páginas e mais páginas sobre como inibir o apetite de forma arbitrária, cheias de frases como “alimento não serve para nada” e “gorda nunca mais”; dicas como ver foto de coisas nojentas no horário de almoço para perder o apetite, agendas punitivas para quem sair da “dieta” e, falando em dieta, as sugestões são as piores possíveis. Por exemplo, o café da manhã com apenas uma xícara de café, o almoço com “água à vontade” e o jantar com 200 ml de limonada. E só. São páginas que devem ser investigadas pela Polícia Federal e as autoridades competentes. As autoras devem receber todo o suporte para superarem este quadro e nós, mães, devemos sempre estar atentas a toda e qualquer mudança voluntária dos hábitos alimentares de nossas filhas e filhos.

anorexia-hg-20090930

Bom, a dica – e a bronca – de hoje, é sempre procurar um profissional de saúde antes de qualquer mudança nos hábitos alimentares e também ao sinalizar qualquer sentimento que possa fazer com que tomemos atitudes radicais, como seguir os “conselhos” da Gabriela Pugliesi, por exemplo. Os blogs são divertidos, legais e um tipo de leitura agradável? São. Eu também sou blogueira e sei muito bem disso. Mas devemos selecionar nossas leituras. Acontece uma hora ou outra de ficarmos infelizes com nosso corpo? Sim, é natural. Mas jamais devemos nos punir por isso, pois já basta a sociedade fazer isso todo santo dia, não acha? O único caminho é levantar a cabeça e agir com responsabilidade, sempre com acompanhamento profissional e esbanjando a coisa mais importante que podemos ter: saúde!

Acesse www.MulherDepoisDos40.com.br e veja meu comentário sobre o caso Vera Fischer e a nossa relação com o envelhecimento. Conteúdo exclusivo do blog. Boa leitura!

1 Comentário on “BLOGS ANORÉXICOS…”: UMA QUESTÃO DE SAÚDE PÚBLICA

  1. Jaqueline Santos // 17/11/2015 em 07:10 // Responder

    AFF ESTAVA ESPERANDO ALGUÉM QUE COLOCASSE A MINHA RAIVA DESSA MENINA PRA FORA. EXCELENTE TEXTO. DISSE TUDO! VI OS SNAPS DESSA PUGLIESI
    SEM NOÇÃO DEMAIS!!!!!

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.

*